Inadimplência por taxa de condomínio pode parar na Justiça

Pagar a taxa de condomínio em dia garante a boa convivência e conservação do local.

Segundo o presidente do Sindicato dos Condomínios Residenciais e Comerciais do Distrito Federal (Sindicondomínio/DF), José Geraldo Pimentel, o gestor precisa ter a sensibilidade para verificar a inadimplência por todos os ângulos.

Foto: Divulgação.

Para Pimentel, o síndico precisa se posicionar assim que percebe que uma ou mais quotas condominiais ficarem em aberto. O Sindicondomínio/DF deixa à disposição de todos os condomínios, instituições parceiras que trabalham na administração das quotas condominiais não liquidadas.

É comum os moradores e administradores não terem conhecimento de quais medidas podem ser adotadas pelo condomínio pelo inadimplente. Algumas das penalidades são multa de 2%, juros de até 1% ao mês e correção monetária, e proibição de votar e ser votado em assembleias. O ápice da ação judicial é a penhora e o leilão da unidade devedora. Não é sempre que o bem penhorado é o imóvel. Caso o devedor disponha de outros bens, como automóveis, também é possível leiloá-los.

Fonte: Redação.
Google Plus

Por Movimento dos Comunicadores do Brasil

Entender Condomínio

0 comentários:

Postar um comentário