Desavença pode ser motivo para morador ter assassinado síndico

Um homem de 25 anos é acusado de assassinar o síndico do prédio em que morava na avenida Desembargador André da Rocha, no Centro de Porto Alegre


A Polícia Civil acredita que o crime seja premeditado, pois a relação da vítima e ele era “péssima” há, pelo menos, dois anos.

Segundo relato de moradores do prédio, Oscar Vieira Guimarães Neto, 61 anos, havia se desentendido com o suspeito durante uma reunião de condomínio em 2013. Os dois eram vizinhos do mesmo andar.

Conforme relato da Brigada Militar, Vieira foi atacado por Guilherme Antônio Nunes Zanoni, 25 anos, a facadas no pescoço e, depois, estrangulado. O jovem foi preso em flagrante pelos policiais e encaminhado à delegacia. Ele não prestou depoimento pois disse que só irá falar em juízo.
Google Plus

Por Movimento dos Comunicadores do Brasil

Entender Condomínio

0 comentários:

Postar um comentário