GDF inicia treinamento para inspeção e manutenção de viadutos e pontes

Primeira turma de engenheiros é capacitada para realizar vistorias visuais

Treinamento é realizado no auditório do Departamento de Estradas de Rodagem | Foto: Divulgação / Secretaria de Obras e Infraestrutura
Com o objetivo de implementar a política de monitoramento e avaliação das obras de arte e monumentos do Distrito Federal, começou nesta segunda-feira (12/8) o curso de Inspeção e Manutenção de Viadutos e Pontes. Realizado no auditório do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), o treinamento é organizado pela Secretaria de Obras e pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER).

Com mais de 700 viadutos e pontes espalhados em diversos pontos do DF, o governo vê a necessidade de capacitar engenheiros do próprio GDF para avaliar e identificar, de forma preventiva, as más condições estruturais desses monumentos. São avarias causadas, em sua grande maioria, pela ação do tempo e devido à falta de manutenção.

Entre 12 e 23 de agosto, 60 engenheiros indicados pelas administrações regionais e órgãos competentes terão a oportunidade reciclar seus conhecimentos e desenvolver habilidades na área de inspeção de monumentos. Esse grupo terá a missão de identificar locais que possam colocar em risco a população de Brasília. O curso é ministrado pelo engenheiro do DER, Mozer Teixeira de Castro.

Assessor especial da Secretaria de Obras, Maurício Canovas explica que o grande foco do treinamento é com a segurança das pessoas. “Essas vistorias visuais possibilitam que o agente público constate falhas e tome as devidas providências para, por exemplo, promover a interdição daqueles estruturas consideradas mais críticas”, pondera.

Já o assessor especial do DER Vilton Pires Gonzaga, que abriu o evento, destacou a importância do curso por ser algo inovador em âmbito distrital. “O primeiro passo está sendo dado na identificação das patologias existentes nas obras de arte especiais que nos cercam. Esse projeto do governo é uma política de Estado para resultar na conservação e preservação dessas obras”, ressalta.

Juntos, os engenheiros que estão participando do curso poderão discutir e avaliar os resultados das vistorias e realizar um diagnóstico do que foi identificado em campo. Ao final do curso, os participantes receberão certificados de capacitação.
Google Plus

Por Paulo Melo

Entender Condomínio

0 comentários:

Postar um comentário